Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 05-05-2008

SECÇÃO: Espaço Universitário

AAUMinho corre para o ouro e salta para a prata e bronze

A Associação Académica da Universidade do Minho (AAUMinho) arrecadou seis medalhas (três de ouro, uma de prata e 2 de bronze) no Campeonato Nacional Universitário de Pista ao Ar Livre, que se realizou em Aveiro. Filomena Costa, nos 3000 metros, Ercília Costa, nos 800 m, Paulo Ferreira, nos 110 m obstáculos, sagraram-se campeões nacionais. Nas provas de saltos, Mário Silva subiu duas vezes ao pódio, enquanto que Bruno Vasconcelos arrecadou o terceiro lugar no salto com vara.
A academia minhota conquistou a primeira medalha de ouro logo na primeira prova da tarde desportiva. Paulo Ferreira foi o primeiro minhoto a estrear o pódio ao conquistar o primeiro lugar nos 110 m obstáculos, com um tempo de 16,91.
Seguiram-se as provas de meio-fundo, com a equipa do Minho a destacar-se no feminino. Filomena Costa repetiu a proeza do ano anterior e chegou novamente ao primeiro lugar da prova dos 3000 m, com a marca de 10,29. Ercília Machado também subiu ao lugar mais alto do pódio, depois de ter percorrido o percurso dos 1500 m em 4,41.91.
Já no salto em comprimento, Mário Silva, voou para a única medalha de prata da academia minhota neste CNU, com a marca de 6,69m, sendo apenas ultrapassado pelo atleta da Associação Académica da Universidade de Aveiro (AAUAv), João Dias, que chegou aos 6,79m.
A AAUminho conquistou ainda mais duas medalhas nas provas de saltos, mas desta vez de bronze. No salto com vara, Bruno Vasconcelos terminou o concurso em terceiro lugar depois de saltar 2m. Já no salto em altura, Mário Silva repetiu o resultado do ano passado e terminou a prova na terceira posição, depois de elevar a fasquia até aos 1,76m. Nesta prova participou ainda o atleta da AAUMinho, Nelson Martins, que se classificou na quarta posição logo atrás do seu colega de equipa.
Nas restantes provas, destaque para os 1500 metros masculinos e para a participação dos minhotos José Miguel Silva e André Silva, que por pouco não chegaram às medalhas. O primeiro terminou a prova em quarto lugar, com um tempo de 4,10.76 e o segundo cortou a meta na sexta posição. João Barros, da Associação de Estudantes do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (AEISEL), Paulo Pinheiro, da Universidade de Lisboa (UL) e Marco Marques, da Associação de Estudantes da Escola Superior de Tecnologia de Viseu (AESTV), ocuparam o primeiro, segundo e terceiro lugares do pódio respectivamente.
Nos 3000m, o pelotão contou com os atletas minhotos, Miguel Ribeiro, João Antunes e Nuno Couto. Os estudantes da Universidade do Minho chegaram ao fim da prova, respectivamente, na quinta, sexta e oitava, posições. Bruno Rodrigues, da Associação de Estudantes da Faculdade de Motricidade Humana de Lisboa, foi o grande vencedor da prova. O lisboeta percorreu os 3000m em 8,38.15.
Para além destes resultados, a equipa de atletismo do Minho conseguiu ainda obter boas prestações noutras provas, sem no entanto ter chegado às medalhas. São exemplos disso os 100m planos masculinos, que contaram com a participação de três atletas minhotos: Nuno Cunha (12.08), João Machado (12.15) e João Coelho (12.51). Apesar das boas marcas, os velocistas minhotos não conseguiram chegar à final da prova, que foi vencida pelo corredor do Instituto Politécnico de Leiria (IPL), Ivo Vital. Em segundo lugar classificou-se Edi Sousa e em terceiro João Gradiz, ambos da UL.
As provas de lançamento completaram a competição individual. Na prova masculina do lançamento do peso, a academia minhota contou com a prestação de Fernando Parente, que acabou na nona posição da tabela classificativa depois de arremessar o peso até aos 8,61m. Já no lançamento do dardo, a UMinho esteve representada por quatro atletas que, apesar de terem ficado afastados do pódio, não perderam a boa disposição. Paulo Ferreira (9º), David Melo (10º), Nuno Cunha (11º) e Fernando Parente (12º) foram os minhotos em prova.
Por fim, a AAUMinho esteve ainda presente com duas equipas na prova masculina de estafetas de 400x200m. João Antunes, André Silva, Nuno Cunha e Nuno Couto formaram a equipa A e Mário Silva, Bruno Vasconcelos, Nelson Martins e João Machado constituíram a equipa B da Universidade do Minho.
Feitas as contas a AAUMinho levou 17 atletas ao CNU de Atletismo de Pista. No final do dia, o treinador e atleta medalha de ouro da AAUMinho, Paulo Ferreira, explicou que o facto de “este ano contarmos com uma equipa numerosa acabou por aumentar a união”. Houve muitas pessoas que nunca tinham experimentado a modalidade e que correram aqui pela primeira vez”. Apesar de considerar o resultado “positivo”, o treinador da AAUMinho salientou que mesmo assim a equipa não esteve na sua máxima força. “Houve muita gente de topo, que costuma vir a estas provas com muita regularidade e que hoje não puderam estar presentes”. Apesar disso, “ a prestação foi agradável e vamos embora contentes”concluiu.

Carlos Daniel Rego

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.