Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 05-05-2008

SECÇÃO: Espaço Europeu

Aumenta número de produtos perigosos retirados do mercado

Em 2007, o número de produtos perigosos retirados do mercado da União Europeia (UE) aumentou em 53% relativamente ao ano anterior. No total foram apresentadas pelos Estados membros a Bruxelas 1605 notificações daqueles produtos, tendo os brinquedos motivado mais de um terço das queixas. Seguiram-se os veículos a motor, os electrodomésticos e os cosméticos. A China foi o país responsável pela produção de mais de metade dos produtos detectados (com 700 queixas).
Uma vez identificado um produto potencialmente perigoso para o consumidor, os Estados, através do Sistema de Alerta Rápido-RAPEX, informam de imediato a Comissão para que tome as medidas necessárias. Cabe depois aos Estados definir a actuação a seguir e as sanções a aplicar em caso de infracção.
Criado em 1984, o RAPEX destina-se a prevenir riscos para a saúde e a segurança dos consumidores graças ao intercâmbio rápido de informações entre Estados-Membros.

Números:

· As notificações RAPEX triplicaram nos últimos anos, passando de 468, em 2004, para 1.605, em 2007
· Cerca de 80% dos brinquedos que conhecemos chegam-nos da China

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.