Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 14-04-2008

SECÇÃO: Informação

Cabeceiras de Basto apresenta «O que é o Teatro?»

Na data em que se comemorou o Dia Mundial do Teatro [27 de Março], a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto e a Emunibasto, em colaboração com a Direcção Geral das Artes – Programa Território Artes, apresentaram ao público, a exposição «O que é o teatro?». Uma iniciativa que se prolonga até ao próximo dia 22 de Abril e cuja inauguração decorreu, em simultâneo, em todo o país com o objectivo de fazer desta exposição uma fonte de descoberta, de surpresa e de estímulo para ir ao teatro.
Trata-se por isso, de um Programa que integra o desenvolvimento de acções que permitem a participação activa, criativa e simultânea de todos os Municípios, de todos os agentes públicos e privados localizados em todo o território nacional. Uma Acção de Grande Envolvimento Nacional (AGEN) que foi construída entre o desafio despoletador da Direcção Geral das Artes e a capacidade de realização de todos os Municípios, permitindo a criação de “pontes” com outros países, investigadores e coleccionadores particulares.
Esta exposição «O que é o Teatro?» é mais um passo do Programa Território Artes na prossecução do objectivo de reforçar a presença das práticas artísticas no dia-a-dia do cidadão. Tenta encontrar um modo rigoroso de falar de uma arte que se caracteriza pela confluência de diversas linguagens, pela efemeridade das suas práticas e pela repercussão social e cultural que possui.
Com ela podemos descobrir: quem faz o teatro e porquê, onde é feito, quem o vê, quem cria condições para que exista, como é feito, de que modo se relaciona com as outras artes, que lugares ocupa na vida de uma sociedade, etc.
 A exposição «O que é o Teatro?» pode ser visitada de 2ª a 6ª feira das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30, na Casa Municipal da Cultura. Está também patente ao público na Bibbioteca Municipal no Arco de Baúlhe e no Museu das Terras de Basto. Apartir de 31 de Março, pode ser visitada na Escola E.B. 2,3 de Cabeceiras de Basto, na Escola E.B. 2,3 de Arco de Baúlhe, na Fundação A. J. Gomes da Cunha e no Externato S. Miguel de Refojos.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.