Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 24-03-2008

SECÇÃO: Informação

Protecção Civil Oito equipas sempre a postos

Cabeceiras de Basto, é dos oito concelhos do distrito de Braga, que no passado dia 6 de Março, assinaram protocolos de cooperação tendo em vista a a criação de equipas de intervenção permanente (EIP) noutras tantas coporações de bombeiros.
Com o objectivo de elevar o nível de prontidão, oito câmaras municipais e oito corporações de Bombeiros Voluntários, assumiram a criação de equipas de intervenção permanente em protocolo com a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC).
Nas instalações do Governo Civil de Braga, os concelhos de Cabeceiras de Basto, Vila Verde, Póvoa de Lanhoso, Guimarães, Fafe, Vieira do Minho, Vizela e Celorico de Basto firmaram uma parceria no sentido de criar uma equipa de bombeiros sempre pronta a intervir em situações de socorro e emergência às populações.
No país foram constituidas várias equipas, sendo a meta traçada pela tutela criar 200 EIP até 2009. Estas equipas, cujos elementos ainda vão ser escolhidos e alvo de formação, desenvolverão a sua actividade em regime de exclusividade.
Cada Equipa terá cinco elementos vinculados à Associação Humanitária de Bombeiros por contrato individual de trabalho, mas será criada uma bolsa de bombeiros voluntários, devidamente formados, disponíveis para assegurar as missões fora dos períodos de funcionamento da Equipa Permanente. As Equipas são comparticipadas, em 50 por cento, pelas câmara municipais e pela Autoridade Nacional de Protecção Civil.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.