Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 03-03-2008

SECÇÃO: Destaque

IDOSOS RECEBEM TELEMÓVEIS COM CHAMADAS GRÁTIS

Colmatar o isolamento, promover o convívio entre os idosos, bem como garantir o acesso rápido aos primeiros socorros, é o principal objectivo deste tipo de acção levada a cabo pelo Governo Civil de Braga, em vários concelhos do distrito, no âmbito da Iniciativa Segurança Idade Maior.
O Governador Civil do Distrito de Braga, Dr. Fernando Moniz, procedeu no dia 20 de Fevereiro à entrega de 65 telemóveis aos idosos de Cabeceiras de Basto beneficiários do Complemento Solidário para Idosos. Este representante do Governo no distrito, disse tratar-se de um instrumento móvel de comunicação que ajuda a combater a solidão e a dependência dos mais idosos, mas que ainda não abrange todos os beneficiários. Este telefone sem fios agora oferecido, permite aos idosos alargar e reforçar a sua rede de contactos e amizades. Dispõe de mil minutos mensais de conversação gratuita, que podem ser usados para comunicações com a família e as instituições que outorgaram o projecto Iniciativa de Segurança Idade maior (ISIM), realizada em parceria com a operadora Optimus.

O edil Cabeceirense, no uso da palavra, enalteceu a iniciativa do Governo Civil
O edil Cabeceirense, no uso da palavra, enalteceu a iniciativa do Governo Civil
Recorde-se que a entrega de telemóveis com chamadas gratuitas aos idosos beneficiários do Complemento Solidário, já contemplou 1225 idosos (dados apurados em Dezembro de 2007) no distrito. Um número que pode aumentar se todas as pessoas com mais de 65 anos de idade e com valores referência de 4800 euros anuais aderirem. Neste âmbito, além do apoio monetário, todas as pessoas que beneficiarem de CSI têm direito a telemóvel.
Na ocasião a Directora do Centro Distrital de Braga da Segurança Social, Drª Maria do Carmo Antunes, que esteve presente nesta cerimónia, alertou para a necessidade das pessoas se informarem. Referiu ainda que os números evidenciam que apenas 30 por cento do total dos potenciais beneficiários aderiram ao programa, que não é mais que uma iniciativa de combate ao isolamento e à pobreza. Deixou ainda o apelo a todos os autarcas e responsáveis pelas instituições, que se envolvam, divulguem e esclareçam os seus concidadãos para assim ser possível, abranger o maior número possível de pessoas. Referiu por fim, que há muitas pessoas que devido a «fantasmas que não existem», ainda não estão a beneficiar deste complemento, a que têm direito. As entidades envolvidas pretendem com estas medidas abranger toda a gente.

Um projecto inovador

Autarcas e beneficiários estiveram presentes na cerimónia
Autarcas e beneficiários estiveram presentes na cerimónia
Nesta cerimónia de entrega de telemóveis, o Governador Civil do Distrito de Braga, Dr. Fernando Moniz, disse tratar-se de «um projecto inovador e pioneiro, que permite concretizar uma rede social de apoio efectivo». Assegurou ainda, que mais importante que os telemóveis «são os serviços que colocamos à disposição, com respostas adequadas às necessidades de cada um».
O Governador Civil deixou ainda uma palavra de apreço à Autarquia Cabeceirense que prontamente impulsionou a iniciativa. Este projecto é simples, não comporta grande investimento, mas proporciona uma resposta mais rápida e eficaz, mais célere e mais amiga. Previamente formatado, o telemóvel inclui o contacto da GNR, do Centro de Saúde, da Segurança Social, da Protecção Civil, do Governo Civil e de um familiar do utilizador.
O Presidente da Câmara associou-se à entrega de telemóveis
O Presidente da Câmara associou-se à entrega de telemóveis
Também o presidente da edilidade Cabeceirense, Eng.º Joaquim Barreto, se mostrou satisfeito com a iniciativa já que desde a primeira hora se disponibilizou a «abraçar» este projecto, que considerou ser uma mais valia para esta faixa etária da população do concelho e do distrito.
Na sua intervenção destacou que o sentimento de insegurança que subsiste no meio rural fica desta forma, atenuado com os telemóveis ora entregues pelo Governo Civil de Braga aos idosos, neste caso de Cabeceiras de Basto. Apelou ainda a uma maior participação daqueles que reúnem condições para obter este apoio e espera com esta acção, simples, mas eficaz, estar a contribuir para aumentar o bem-estar e a tranquilidade dos mais idosos do concelho.

Directora do Centro Distrital de Segurança Social entrega um dos telemóveis
Directora do Centro Distrital de Segurança Social entrega um dos telemóveis


Mais segurança é um dos objectivos da iniciativa
Mais segurança é um dos objectivos da iniciativa






© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.