Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 21-01-2008

SECÇÃO: Opinião

Um novo ano… mas a mesma flor!

foto
Amanheceu…
Vejam, a paisagem mudou:
O querer renovar as cores do dia e do brilho que envolve cada “coisinha” em meu redor.
Modificaram-se vontades;
Esgotaram-se recursos e, surgiram inúmeros caminhos…
É assim que cada Ano Novo nos atinge com todo o seu esplendor;
É assim o renascer da esperança;
É assim que o motor da vida volta a arranhar para as passagens mais atribuladas!!
Na verdade,
O Ano Novo nasce aqui:
- Bem dentro de nós…!
Ele descobre o melhor lugar para ficar, porque procura com muita sabedoria… Então, descobre aquele céu…
Aquele, que não se vê, mas se sente! E esse Céu torna-se GRANDE!!
GRANDE do Tamanho da simplicidade!...
E para que os momentos não se percam, cuidemos, daquela flor…
- Que está ali, em algures…
No meio do céu que habita em nós.
Vamos pegar nesse Céu com as mãos e acolhê-lo neste NOVO ANO;
Depois, a flor crescerá e será GRANDE…
GRANDE do tamanho dos sonhos!...

Por: Magda Teixeira

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.