Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 31-12-2007

SECÇÃO: Região

COLECTIVIDADES RECEBEM APOIOS

Consideradas como «pilares importantes no desenvolvimento do concelho», o Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Eng.º Joaquim Barreto, acompanhado pela Vereadora do Pelouro da Cultura e do Desporto, Profª Stela Monteiro, procedeu, no dia 18 de Dezembro, à entrega de vários subsídios a diversas associações concelhias.
Uma iniciativa que decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho e que teve como principal objectivo apoiar as colectividades locais, através da atribuição de subsídios monetários destinados à realização das diversas acções, previstas nos respectivos planos de actividade.

O Desportivo do Arco de Baúlhe foi uma das colectividades apoiadas
O Desportivo do Arco de Baúlhe foi uma das colectividades apoiadas
Geradoras de dinâmicas sócio culturais, recreativas e desportivas, as associações são parceiros privilegiados de desenvolvimento, referiu na oportunidade o autarca, que considera também estas agremiações como importantes focos sociais, já que permitem o convívio inter-geracional e o envolvimento das várias camadas da população.

Focos de voluntariado

O Presidente da Câmara Municipal realçou ainda, o papel que as colectividades desempenham, de forma voluntária, empenhada e aturada em prol da cultura, do desporto através da formação das camadas jovens, do lazer e da ocupação salutar dos tempos livres dos Cabeceirenses, seja através da recolha, interpretação e composição da música folclórica e da etnografia local, seja através da promoção social, cultural e de preservação das tradições mais genuínas, seja através da realização de diversas actividades que contribuem para promover, divulgar e projectar Cabeceiras de Basto e que são o reflexo do dinamismo associativo que se vive no concelho.

32.450 Euros para investir na promoção de actividades

A Câmara Municipal decidiu assim, entregar às agremiações, D. Nuno Álvares Pereira, de Pedraça, Grupo Desportivo de Arco de Baúlhe e Grupo Desportivo de Cavez, Banda Cabeceirense, Associação Águias de Alvite, Contacto, Ceifeiros de Santo André de Vila Nune e Associação Cultural e Desportiva de S. Nicolau, um valor global de 32.450,00 Euros para “investir” quer na promoção de diversas iniciativas, quer na beneficiação e apetrechamento das sedes e recintos desportivos. Na oportunidade o Presidente da Câmara Municipal lembrou a necessidade de aplicar com rigor as verbas que lhes são atribuídas, observando os respectivos procedimentos legais.
Segundo informação divulgada, esta decisão enquadra-se numa politica de parcerias que o município tem vindo a estabelecer com diversas agremiações, através da atribuição de subsídios que permitem a realização de diversas actividades, bem como, a construção de infra-estruturas capazes de contribuir para o desenvolvimento desta terra, através de uma colaboração que se pretende cada vez mais activa e participada.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.