Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 15-12-2007

SECÇÃO: Região

TELEMEDICINA
UM SERVIÇO INOVADOR AO DISPOR DOS CABECEIRENSES

Depois de ter estado a funcionar num curto período experimental com mais de quatrocentos atendimentos, foi apresentado publicamente no dia 13 de Dezembro, um serviço inovador, a Telemedicina, que a autarquia põe à disposição da população, especialmente dos habitantes das aldeias mais distantes da vila sede do concelho. Esta sessão decorreu na Fundação A. J. Gomes da Cunha, uma IPSS sediada no lugar de Gondarém, freguesia de Cabeceiras de Basto (S. Nicolau).

foto
Posto Móvel de Atendimento leva serviços às populações mais isoladas

Desde o ano 2003 que a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto tem em funcionamento um Posto Móvel de Atendimento ao Cidadão que percorre grande número de aldeias e lugares mais isolados, prestando um conjunto de serviços na área da saúde, do atendimento social e do apoio administrativo.

O objectivo que presidiu à sua implementação foi a vontade política de ir ao encontro das pessoas, diagnosticando os seus problemas, resolvendo uns, ajudando-os a encontrar soluções para outros, numa tentativa de proporcionar maior equidade na disponibilização dos referidos serviços e desta forma, melhorando a qualidade de vida das pessoas, combatendo o isolamento e a desertificação.
Pagamento de facturas de água e luz, requerimentos, identificação de problemas de âmbito social, distribuição de informação útil, entre outros atendimentos, mas também a prestação de cuidados primários de saúde através do serviço de enfermagem, são alguns dos serviços que o Posto Móvel de Atendimento proporciona.





Em Maio do corrente ano, com a celebração de um protocolo de cooperação com a ARS-Norte, foi possível alargar e melhorar a prestação de cuidados primários de saúde com enfermeiros e médico, sem contudo deixar de continuar a desenvolver os apoios atrás referidos.
Agora, a Câmara Municipal contratou um serviço de telemedicina que põe à disposição dos cidadãos tecnologia de ponta. O sistema é composto por um conjunto de aplicações que permitem a realização de acções médicas à distância. Nesta estrutura móvel é possível realizar a avaliação dos parâmetros vitais (tensão arterial, glicemia capilar, colesterol, índice de massa corporal, peso, entre outros), mas também realizar exames complementares de diagnóstico como electrocardiogramas, espirometria ou SPO2. Podem, ainda, os técnicos de saúde fazer tratamentos diversos, administrar injectáveis, sinalizar situações de risco, sensibilizar e educar para estilos de vida saudáveis, diagnósticos específicos ou para rastreios.
Todos os dados recolhidos na Unidade Móvel por enfermeiros, são depois introduzidos numa base de dados on-line e transmitidos a um call-center. A informação é analisada por um corpo clínico que faz de imediato o encaminhamento para os médicos de família, tendo em vista o procedimento ou tratamento adequado. De referir que é feito um histórico clínico do utente e que o mesmo está disponível para o médico. Nele constam os parâmetros avaliados, a medicação prescrita, os tratamentos solicitados, a evolução clínica, etc.
Este novo serviço mereceu os elogios do Director do Centro de Saúde local, dos seus pares médicos e ainda dos enfermeiros, o que foi referido pelo próprio Director, Dr. China Pereira, no decorrer daquela sessão de apresentação.

Garantir serviços de proximidade e fixar as pessoas

Na oportunidade, o Presidente da Câmara Municipal, Eng.º Joaquim Barreto, referiu que esta é mais uma funcionalidade do Posto Móvel. «A aquisição desta viatura, há uns anos atrás, teve como objectivo prestar serviços de saúde, apoio social e administrativo às populações, procurando através deste e outros serviços de proximidade fixar as pessoas» disse o Presidente da Câmara. E acrescentou «Para além do que já estamos a fazer, estamos disponíveis para aderir a outros serviços que possam contribuir para a melhoria das condições de vida dos cabeceirenses».

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.