Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 15-11-2007

SECÇÃO: Desporto

L O R D E L O 3 - 7 C O N T A C T O
10 de Novembro de 2007

A Contacto deslocava-se a Lordelo com o intuito de dar seguimento aos bons resultados alcançados nas jornadas anteriores e que lhes permitia ocupar os lugares cimeiros da tabela classificativa, tendo por isso a vitória no encontro como único objectivo.
E entraram bem os cabeceirenses que desde o apito inicial tomaram conta das operações através de uma pressão constante sob a equipa da casa que lhes permitia criar sucessivas oportunidades de golo.
Não foi por isso de estranhar que à passagem dos cinco minutos a Contacto inaugurasse o marcador através do inevitável João Carlos. Era o corolário lógico do ascendente dos forasteiros que pouco tempo depois dilatavam a vantagem por intermédio do mesmo jogador.
A partir daqui os homens da casa reagiram bem, e perante uma equipa adversária que mais uma vez denotou uma preocupante quebra nos índices de concentração após se colocarem em vantagem, e fruto disso o Lordelo reduziu para 1-2 e assistiu-se então a um período de jogo mais equilibrado e repartido por ambas as balizas.
A Contacto ripostou a esta reacção dos homens da casa e assumiu novamente o controlo das operações, aproveitando para colocar o resultado em 1-3 ainda antes do intervalo.
Na 2ª parte o filme do jogo foi praticamente o mesmo, à melhor entrada da Contacto, que colocou o resultado em 1-5 reagiram os visitados para colocar o resultado em 3-5, que não tiveram argumentos para suster nova aceleração dos forasteiros que dilataram a vantagem até aos 3-7 finais.
Destaque neste encontro para João Carlos, autor de 5 golos, que aproveitou assim para cimentar a liderança da tabela dos melhores marcadores, com 24 golos em 8 jogos, números bem reveladores de todo seu potencial, ameaçando tornar-se uma caso sério na história do futsal distrital.
Resultado justo, que não sofre contestação dada a superioridade da Contacto, que terá no entanto de melhorar em termos de índices de concentração sob pena de em jogos mais equilibrados pagar caro tantas oscilações.
A equipa da casa pagou caro a juventude e inexperiência do seu plantel revelando no entanto uma base para um trabalho válido em termos de futuro.
Pela Contacto alinharam e marcaram:
Becas; Bruno Vieira; João Carlos (5); Juninho; Zé Rui (cap) (2); Zé Ricardo; Lima; Nuno Lima Leite; Filipe Teixeira; Toneco; Carlitos e Filipe Carneiro.
Resultado ao intervalo: 1-3
Acção Disciplinar: Toneco
Marcha do Marcador: 0-2; 1-2; 1-5; 3-5; 3-7.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.