Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 31-10-2007

SECÇÃO: Concelho em acção

CABECEIRAS DE BASTO (S. NICOLAU)
CÂMARA MUNICIPAL INVESTE NA MELHORIA DAS ACESSIBILIDADES


No decorrer mês de Outubro findo e durante mais de uma semana, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto concentrou as suas brigadas de pavimentações em Cabeceiras de Basto (S. Nicolau) onde, de uma só assentada, pavimentou em alcatrão uma área superior a 5.500m2, à qual no seu todo corresponderá uma extensão próxima de um quilómetro e meio. Não se trata, contudo, da beneficiação de um só lugar e de um só caminho, mas de vários. Pequenos aglomerados populacionais que se dispersam pela imensidão geográfica desta freguesia, desde as margens do rio Peio até à serra, onde se escondem entre os densos arvoredos do monte baldio. Pequenos lugares com nomes quase desconhecidos, como Vilarinho, Porteiras, Levadas ou Vale Fontão, locais onde há vidas, pessoas simples, tão simples como as habitações onde se acolhem. Gente que faz pela vida e labuta no dia a dia, na sua terra ou fora dela, que ao fim de cada dia, de cada semana, mês ou do ano, anseia pelo regresso a casa, ao regaço familiar.

Novo arruamento das Ponteiras às Levadas
Novo arruamento das Ponteiras às Levadas
Assim se poderá imaginar, caro leitor, a alegria e o contentamento desta gente, quando, depois de tanto esperar, vê quebrar-se o sonho e concretizar-se a esperança de ter um caminho melhor para o ninho onde cada um nasceu.

Novo caminho das Ponteiras às Levadas

A construção de um caminho decente para fazer ligação entre os dois pequenos povoados atrás referidos, situados na margem direita do rio Peio, nas proximidades de Sendim, desenvolveu-se ao longo dos últimos anos, primeiro, com o rompimento e a construção de muros de suporte e vedação dos terrenos marginais, executados pela Junta de Freguesia local. Mais recentemente, assistimos à sua pavimentação em alcatrão, pela Câmara Municipal, pondo-se assim ponto final a uma obra de vulto para a freguesia de Cabeceiras de Basto (S. Nicolau), de que resultou uma ligação muito útil para a população, por um caminho amplo, que mais parece uma alameda com cerca de sete metros de largura e uma extensão de quatrocentos metros, entre a E.N.205, junto eucalipto de Mourigo e a estrada que liga o lugar de Sendim à Igreja.
Caminho de Vilarinho à Serra
Caminho de Vilarinho à Serra

Pavimentação de um Caminho que liga o lugar de Vilarinho à Serra

Com o objectivo de servir quatro moradias encravadas na serra, no lugar de Vilarinho, que se situa no cimo de Gondarém, desta freguesia, a Câmara Municipal procedeu à pavimentação em alcatrão de um caminho com cerca de quatrocentos metros de extensão, numa área de 2.000 m2. Ali residem quatro famílias, até à data privadas de acesso normal de viaturas, entre as quais existe uma pessoa que se movimenta em cadeira de rodas e outra deficiente que carece de tratamento médico ambulatório.

Em Vale Fontão

Aqui, registamos a pavimentação em alcatrão de cento e cinquenta metros de caminho, no prolongamento das Lameirinhas a Vale Fontão, a dar servidão a várias habitações e abrindo uma circulação que evita a inversão de marcha naquela via estreita.

Alcatrão avança entre Celeirô e Fojos
Alcatrão avança entre Celeirô e Fojos
De Celeirô a Fojos

Dando continuidade às várias etapas com que está a ser pavimentado o caminho que faz a ligação pela serra entre o lugar da Celeirô, desta freguesia, e o lugar de Fojos, da vizinha freguesia de Outeiro, a Câmara Municipal pavimentou recentemente mais um lanço, com cerca de cento e cinquenta metros de extensão, com o qual poderemos dizer que esta ligação, cuja extensão total é de cerca de quatro quilómetros, está muito próxima da sua fase final.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.