Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 15-10-2007

SECÇÃO: Região

CERTIFICAÇÃO DE COMPETÊNCIAS UM SABER FEITO DE EXPERIÊNCIA

Dezasseis formandos frequentam a partir do dia 10 de Outubro, uma formação ministrada no âmbito do programa Novas Oportunidades - Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC), que lhes permitirá a certificação do 12º ano de escolaridade.
Trata-se de uma iniciativa dinamizada pela Câmara de Cabeceiras de Basto, conjuntamente com a empresa EMUNIBASTO através de um protocolo estabelecido com a Associação de Municípios do Vale do Ave. Destinado a activos, este RVCC encontra-se a decorrer no edifício multiusos do mercado municipal, em horário pós-laboral, durante as próximas 17 semanas, tendo em vista obter a certificação naquele grau de ensino.

Engº Joaquim Barreto presidiu à sessão de abertura desta acção de  formação
Engº Joaquim Barreto presidiu à sessão de abertura desta acção de formação
Através deste processo de reconhecimento, validação e certificação de competências que a Câmara Municipal tem em curso, pretende-se reconhecer os saberes adquiridos ao longo de aprendizagens formais, não formais e informais, que permitem à população com baixos níveis de escolarização, obter uma certificação escolar que vá de encontro às suas reais e actuais capacidades e competências.
Nesta óptica, a Autarquia Cabeceirense no âmbito do programa Novas Oportunidades proporciona à população a obtenção de uma certificação equivalente aos diplomas do 4º, 6º, 9º e, neste caso, o 12º ano de escolaridade emitidos pelo Ministério da Educação. Para tal basta que os interessados demonstrem a experiência profissional e pessoal adquirida ao longo da vida e que são merecedoras de um diploma escolar.
Os formandos agora inscritos foram sujeitos a uma entrevista prévia, durante a qual foi feita uma análise da aprendizagem obtida ao longo da vida, na escola, no trabalho, em casa, na participação cívica, entre outras.
Segundo informação divulgada, na cerimónia de abertura deste RVCC, o Presidente da edilidade, Eng.º Joaquim Barreto, acompanhado pela Vereadora da Educação, pela responsável pela formação e pela representante da AMAVE, disse trata-se de uma iniciativa muito importante do ponto de vista social e educativo, já que permite a um grande número de pessoas activas das mais diversas profissões obter certificados escolares úteis para as suas qualificações, garantindo-lhes ao mesmo tempo, possíveis progressões e melhorias nas suas carreiras, bem assim como conferindo a muitos trabalhadores habilitações que lhes permitem no futuro, uma melhor inserção em novas profissões e a consequente melhoria do seu nível de vida.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.