Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 31-08-2007

SECÇÃO: Concelho em acção

GONDIÃES
Câmara Municipal e Junta de Freguesia “unem-se” por objectivos comuns

MAIS DE 2,5 KM DE CAMINHOS EM ALCATRÃO DURANTE O MÊS DE AGOSTO

foto
Há na política, como na vida, posturas e comportamentos que só por si, definem a personalidade e a competência das pessoas que os praticam, quando sabem distinguir o essencial ,do acessório ,do mais importante, do menos importante ,o fundamental, do dispensável , ou quando se consegue encontrar na diferença, mesmo até na divergência, razões de força para o entendimento e para a união em torno de projectos ou objectivos comuns.
Vem isto a propósito do bom entendimento e da evidente capacidade de colaboração e cooperação existente entre a Junta de Freguesia de Gondiães, na pessoa do seu Presidente, Senhor Domingos Afonso Alves e do Senhor Presidente da Câmara Municipal, Eng. Joaquim Barreto, quando se envolvem em projectos que visam a melhoria das condições e qualidade de vida das populações que representam. Facto digno de registo, ao qual aliás, já fizemos referência nestas páginas várias vezes ao longo da última década. Hoje com maior destaque, dado o elevado número de obras em curso em Gondiães, promovidas conjuntamente por estas duas entidades, para o ano corrente. Com efeito, Junta e Câmara colaboraram para a beneficiação de vários caminhos e conseguiram unir esforços e arranjar meios para pavimentar de uma assentada, mais de dois quilómetros e meio de estradas e caminhos por toda a Freguesia, , durante o mês de Agosto, num investimento global que atinge as dezenas de milhar de euros.
foto
Coube à Junta de Freguesia, com verbas provenientes da receita dos baldios, suportar os custos de três cisternas de alcatrão e de todos os materiais inertes (brita e sarrisca), disponibilizando ainda, um camião e uma equipa de pessoal. Por sua vez, a Câmara Municipal custeou duas cisternas de alcatrão e uma brigada de pessoal especializado, bem como as máquinas e equipamentos para o efeito.
Assistimos, pois, ao que, numa expressão muito popular, se define por “despir de camisolas” e “arregaçar as mangas” em prol do desenvolvimento, do progresso e do interesse público.
Para o conseguir, puseram-se certamente de parte eventuais divergências político-partidárias e outras emoções resultantes de acalorados debates noutros “fóruns”, pondo acima de tudo o interesse comum, a luta pela melhoria das condições de vida das pessoas. Quando assim acontece entre autarcas de órgãos autónomos de diferentes partidos, pratica-se a democracia e deixa-se, no nosso modesto entendimento, um bom exemplo de colaboração e desempenho no exercício de funções autárquicas.
Das obras realizadas, destacam-se as seguintes:
Estrada avança para o limite do concelho, entre Gondiães e a Seara
A pavimentação do antigo caminho florestal que rasga a serra e faz ligação entre Gondiães e o lugar da Seara, da freguesia de Salto, do vizinho concelho de Montalegre, mereceu este ano mais um avanço significativo, com o asfaltamento de quase um quilómetro de extensão, área correspondente a 3. 500 m2.
foto
Caminho de Vaselinhos
Bem no alto da localidade de Gondiães, no lugar de Vaselinhos, a aplicação de alcatrão num caminho com cerca de 200 metros de extensão, deu melhor servidão a duas habitações ali existentes, a contento dos seus moradores.
Na Portela dos Sobreiros
Para acesso às moradias existentes neste lugar, foi pavimentado o caminho com cerca de 150 metros de extensão.
Largo do Campo de Futebol
Com uma área aproximada de 800 metros quadrados, foi pavimentado o largo junto à entrada do Campo de Futebol.
Largo da Junta de Freguesia
Também com uma área de cerca de 800 metros quadrados, foi pavimentado em alcatrão o largo contíguo à Sede da Junta de Freguesia.

NO SAMÃO
Nesta onda de beneficiação de caminhos por todos os lugares da freguesia, o alcatrão também chegou ao Alto da Trancada, ao lugar do Bairro Alto e ao Largo fronteiro à entrada do recinto da Associação local – GAS, no lugar do Samão, cobrindo na globalidade uma área aproximada de 2.200 m2.

NO TORNEIRO
Também no lugar do Torneiro foram beneficiados diversos caminhos, com maior incidência na área envolvente e acessos à Capela. Ao todo, foram pavimentados nesta localidade cerca de 1.000 m2.
Jotel.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.