Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 31-07-2007

SECÇÃO: Região

Pela Câmara
MUNICÍPIO ATRIBUI MEDALHA DE MÉRITO AO RANCHO FOLCLÓRICO DE CAVEZ

Reunido no Salão Nobre dos Paços do Concelho no dia 19 de Julho, o executivo municipal liderado pelo Eng.º Joaquim Barreto, apreciou e votou os assuntos constantes da agenda de que se destacam as seguintes deliberações:

No ano em que completa vinte e cinco anos de existência, a Câmara Municipal decidiu atribuir a Medalha de Mérito Público – Grau Prata, ao Rancho Folclórico de S. João Baptista de Cavez.

Rancho S. João Baptista de Cavez
Rancho S. João Baptista de Cavez
Foi no dia 23 de Março de 1982 que um grupo de cavesenses fundou o Rancho Folclórico de S. João Baptista de Cavez e que ao longo da sua existência se tem distinguido na recolha, interpretação, composição e divulgação da música folclórica e da etnografia da região em geral e do concelho em particular. A sua intensa actividade musical e artística, com significativo impacto em termos de promoção social, cultural, de ocupação dos tempos livres e de preservação das nossas tradições mais genuínas, representou um relevante contributo para a divulgação e projecção do bom nome e da imagem da freguesia e da vila de Cavez e do concelho de Cabeceiras de Basto. A autarquia Cabeceirense pretende assim, segundo informação divulgada, e «em sinal de homenagem e de reconhecimento do Município pela prestimosa acção levada a cabo e pelo trabalho profícuo que vem desenvolvendo em prol da cultura e do progresso do concelho», distinguir esta colectividade com a atribuição desta Medalha de Mérito.
Para assinalar a efeméride, a Direcção do Rancho Folclórico S. João Batista de Cavez, realizou no dia 28 de Julho, naquela vila, um Festival Folclórico que contou com a participação de cinco ranchos que ali se deslocaram para participar a abrilhantar este aniversário que assinala mais de duas décadas dedicadas à cultura, à etnografia e ao folclore do Baixo Minho.

Câmara apoia movimento associativo
Banda Cabeceirense
Banda Cabeceirense

O executivo municipal deliberou atribuir à Fundação A. J. Gomes da Cunha um apoio financeiro no valor de 1.500,00 € destinado a financiar a iniciativa “Jogos Adaptados” que aquela Instituição organizou em Cabeceiras de Basto e que teve a participação de cerca de uma centena de atletas, cidadãos portadores de deficiência.
Deliberou igualmente atribuir um subsídio de 350,00 € ao Clube de Caça e Pesca de Basto para custear despesas com a organização de um Torneio de Tiro aos Pratos Inter-Freguesias que aquele clube levou a efeito, no Arco de Baúlhe, nos passados dias 23 e 24 de Junho.
Deliberou ainda conceder um apoio financeiro no montante de 14.400,00 € à Banda Cabeceirense para a dinamização da escola de música que é actualmente frequentada por cerca de 40 crianças e jovens do concelho. Esta agremiação centenária, com sede na Casa da Música de Cabeceiras de Basto, tem vindo a distinguir-se na promoção e divulgação da música filarmónica levando a vários palcos da região e do país o que de melhor se faz a este nível.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.