Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 30-06-2007

SECÇÃO: Região

Fórum Território e Desenvolvimento debate
“Mobilidade e Desenvolvimento no Baixo Tâmega”

O Presidente da Câmara ladeado pelo Director do Gat e pelo orador convidado, Engº Luís Braga de Cruz
O Presidente da Câmara ladeado pelo Director do Gat e pelo orador convidado, Engº Luís Braga de Cruz
Com o apoio da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto e no âmbito do Fórum Território e Desenvolvimento, a Associação de Municípios do Baixo Tâmega promoveu no dia 18 de Junho, no Auditório Municipal Ilídio dos Santos, um debate subordinado ao tema “Mobilidade e Desenvolvimento no Baixo Tâmega”. Uma iniciativa que teve como orador convidado o Eng.º Luís Braga da Cruz, ex-Ministro da Economia do XIV Governo Constitucional, antigo Presidente da Comissão de Coordenação da Região Norte, entre outros cargos, que se deslocou a este concelho para falar sobre o tema da Mobilidade e do Desenvolvimento no Baixo Tâmega. Na ocasião, abordou a forma como as novas infra-estruturas de suporte às acessibilidades e comunicações podem ser factores de desenvolvimento económico e social para uma região, bem como, a sua importância na melhoria da qualidade de vida das populações. Infra-estruturas estas que considerou indissociáveis do desenvolvimento, já que o investimento público efectuado pode contribuir significativamente para impulsionar a competitividade da região, referindo no entanto, a necessidade de criar e manter empregabilidade no espaço rural. Para o efeito é necessário conhecer primeiro o território, para posteriormente poder agir em prol de maior coesão e desenvolvimento. Desenvolvimento este que passa pela organização do espaço e da necessidade de descentralizar para níveis intermédios entre o nacional e o local, criando centros de racionalidade que mais eficazmente contribuam para definir e concertar estratégias, as quais devem potenciar e privilegiar os recursos naturais. Competitividade, investigação e desenvolvimento tecnológico, redes comunitárias de interligação e educação, são alguns dos factores que considerou subjacentes ao desenvolvimento de qualquer região e muito em particular do Baixo Tâmega. Após um olhar rápido sobre o Norte de Portugal, o Eng.º Luís Braga da Cruz, focou ainda a necessidade de gerir o novo QREN - Quadro Referência Estratégica do Nacional, com maior cooperação intermunicipal, tendo em vista aumentar a competitividade que passa, pelas acessibilidades rápidas, pelos equipamentos e infra-estruturas, assim como pelo aumento da capacidade média dos recursos humanos e pela necessidade de produzir e usar a inovação, o conhecimento e a tecnologia.
Na ocasião o autarca Joaquim Barreto agradeceu a presença do numeroso público que ali se deslocou e em especial do orador convidado Eng.º Luís Braga da Cruz, cuja sabedoria e conhecimento deve ser partilhado com todos aqueles que desejam e lutam por melhor qualidade de vida e desenvolvimento da sua terra.
Esta iniciativa da Associação de Municípios do Baixo Tâmega que foi igualmente integrada no Ciclo de Conferências Políticas de Futuro que a Câmara Municipal promove mensalmente, é a primeira de um conjunto de seis debates agendados para outros tantos municípios, a realizar em Celorico de Basto (30 de Junho), Marco de Canavezes (04 de Julho), Mondim de Basto (12 de Julho), Amarante (21 de Julho) e Baião (26 de Julho), alusivos aos temas “Indústria no Baixo Tâmega”, “Ambiente e Recursos naturais no Baixo Tâmega”, “Turismo no Baixo Tâmega” e “Agricultura e Desenvolvimento Regional no Baixo Tâmega”, respectivamente.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.