Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 30-06-2007

SECÇÃO: Região

Pela Câmara
CÂMARA MUNICIPAL TOMA CONHECIMENTO DE DILIGÊNCIAS EFECTUADAS PARA A CONSTRUÇÃO DA CENTRAL DE BIOMASSA

O executivo municipal reuniu uma vez mais, no dia 28 de Junho, no edifício dos Paços do Concelho, para apreciar e votar os assuntos constantes da agenda. Na ocasião, destacou-se a aprovação de uma proposta, que será remetida à Assembleia Municipal, para que este órgão deliberativo autorize a extinção da empresa de que é participada, a Hidrobasto – Produção Hídrica de Energia Eléctrica, Lda., sugerida pela EDP – Gestão da Produção de Energia, SA. Esta proposta surge na sequência de diversas dificuldades sentidas nos últimos cinco anos, que têm impedido a empresa de atingir os seus objectivos. O Presidente do executivo camarário, Engº Joaquim, Barreto, informou que esta extinção será, de certa forma, compensada por um outro investimento de grande vulto na área das energias alternativas, nomeadamente, a Central Termoeléctrica de Biomassa, que a EDP – Produção Bioeléctrica, SA vai realizar, em breve, no concelho de Cabeceiras de Basto. O autarca informou ainda, que após a atribuição da licença de estabelecimento para esta Central, feita pelo Ministério da Economia, no passado mês de Março, os responsáveis da Bioeléctrica já estiveram em Cabeceiras a escolher a melhor localização para a sua construção, tendo sido, inclusive, solicitado à Câmara Municipal um conjunto de informação com vista à concretização do projecto.


Autarquia lança II Concurso Literário – Conto Infantil


A Câmara Municipal aprovou, por unanimidade, nesta reunião o Regulamento do II Concurso Literário – Conto Infantil – concurso nacional a realizar pela autarquia, no âmbito do Plano de Actividades da Biblioteca Municipal para o corrente ano. De referir que a 1ª edição decorreu em 2006 com um grande número de participações, vindas de vários pontos do país, tendo-se revelado um grande sucesso.


Cedência temporária de imóvel urbano


Segundo informação divulgada, a Câmara Municipal tem vindo a valorizar cada vez mais o Centro de Educação Ambiental, espaço de exposição da fauna e flora da região, na Vila de Cabeceiras de Basto. Continuando esse esforço, desenvolveu recentemente contactos com a Direcção Geral dos Recursos Florestais com o objectivo de obter desse organismo a sua colaboração, através da cedência temporária de um imóvel urbano, património do Estado, situado em Vinha de Mouros, junto ao referido Centro, para que a autarquia possa instalar ali um espaço de quarentena e enfermaria destinado aos animais em tratamento, bem como instalar um armazém para rações, com as necessárias condições higieno-sanitárias que inclua sistema de conservação em frio. Na reunião o executivo aprovou, por unanimidade, os termos de um protocolo para a referida cedência.


Agrupamento de Escolas do Arco de Baúlhe agradece


A Câmara Municipal tomou ainda conhecimento de um ofício remetido pelo Agrupamento de Escolas do Arco de Baúlhe no qual o Conselho Executivo agradece todo o apoio concedido pela autarquia, na realização da Feira Medieval organizada nos dias 8 e 9 de Junho, no Arco de Baúlhe.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.