Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 31-05-2007

SECÇÃO: Região

Pela Câmara
Executivo avança com Cooperativa de Gestão Integrada da Floresta TERRA+VERDE

A criação de uma régie-cooperativa na área florestal é uma medida inovadora e pioneira de gestão empresarial que tem como objectivo agregar vários parceiros públicos e privados numa atitude pró-activa em torno da promoção, valorização e defesa da floresta.

Reunida no dia 24 de Maio, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, sob a presidência do Eng.º Joaquim Barreto decidiu autorizar a criação da Cooperativa de Interesse Público Terra + Verde, Gestão integrada da Floresta, CIPRL, bem como a aprovação dos respectivos estatutos que agora seguem para a Assembleia Municipal para apreciação e votação.
Trata-se de uma medida inovadora e pioneira de gestão empresarial da floresta que pretende agregar vários parceiros públicos e privados tendo em vista criar uma atitude pró-activa em torno da promoção, valorização e defesa da Floresta. Recorde-se que a criação de uma régie-Cooperativa, foi proposta pelo Presidente da Câmara, no passado dia 17 de Abril, no âmbito do Seminário que promoveu no Complexo Florestal da Veiga, na freguesia de Bucos, subordinado ao tema “Juntos no Desenvolvimento Integrado da Floresta”, reunindo diversos agentes ligados a este sector, bem como a Comissão Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios.
Cabeceiras de Basto possui uma significativa área florestal e uma elevada aptidão natural para o desenvolvimento deste importante sector económico, já que permite a realização de um vasto leque de actividades que vão das mais tradicionais como a produção florestal, pastoreio, caça e pesca até às menos desenvolvidas como a apicultura, o aproveitamento energético da Biomassa, o recreio, o lazer e o turismo, entre outras.

Gerir a floresta de forma integrada e sustentada

A floresta é uma área que se reveste de grande relevância económica, social, cultural e ambiental, que exige dos cidadãos e das instituições, públicas e privadas, práticas que contribuam para a sua gestão integrada e sustentada. Nessa óptica nasceu a régie-Cooperativa TERRA+VERDE a que estão acopladas funções ao nível de gestão integrada dos espaços florestais; planeamento, ordenamento, povoamento e repovoamento florestal; prevenção e defesa da floresta; associativismo dos produtores florestais; prevenção e combate aos fogos florestais; empresarialização dos bens e serviços gerados na floresta, tendo como principal objectivo desenvolver projectos, integrar entidades e prestar serviços capazes de contribuir para o desenvolvimento integrado e sustentado dos espaços florestais. Com um capital social ilimitado, variável e de montante mínimo de cem mil euros, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto avançou com a subscrição de 4.000 títulos a que corresponde o montante de 40.000 euros do capital social desta Cooperativa de Interesse Público que espera agora a adesão de outros cooperantes que manifestem interesse em aderir a esta estrutura de gestão capaz de promover um melhor aproveitamento de todas as sinergias que se encontrem nos espaços florestais, em prol da defesa, do fomento, da preservação, da valorização e da promoção do uso múltiplo da floresta.

Autarquia ratifica acordos estabelecidos com EDP e ARS-Norte

Segundo informação divulgada, nesta reunião o executivo municipal ratificou ainda a assinatura do acordo de parceria estabelecido entre o Município de Cabeceiras e a EDP – Distribuição de Energia SA, destinado à remodelação das redes de distribuição de energia eléctrica e iluminação pública nos principais acessos às vilas de Cabeceiras de Basto e Arco de Baúlhe, bem como, o acordo de cooperação celebrado com a Administração Regional de Saúde do Norte, tendo em vista dinamizar e reforçar a prestação dos cuidados de saúde, através de uma Unidade Móvel, junto das populações mais isoladas deste concelho.
A Câmara Municipal indicou como representantes para a Assembleia de Escolas do Agrupamento de Refojos, o Dr. Jorge Machado, que em caso de impossibilidade será substituído pela Prof. Stela Monteiro ou Profª Benvinda Magalhães.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.